10 dicas para visitar um recém nascido

quinta-feira, setembro 04, 2014

Estou prestes a ter a minha princesa!
Embora este tema esteja muito debatido aqui pela net, achei por bem, mais uma vez partilhar as 10 dicas de visita a um recém nascido.

Estas são as minhas e incluem no fim, mais duas dicas extras, pois cá em casa já existe um mano (que era até então filho único e que agora passará a partilhar tudo com a mana).

Ora toda a gente sabe que há cuidados específicos a ter com um recém nascido certo?
Acontece que muitas das vezes as pessoas se esquecem desses mesmos cuidados ou pura e simplesmente também pode acontecer que não saiba quais os cuidados a ter porque não tem filhos, porque nunca pensou nisso, whatever!

Para que não vá visitar um recém nascido e uma recém mamã e cometer alguma gafe, aqui ficam as 10 dicas que acho essenciais na primeira visita!


1 -  Evitem visitas no mesmo dia em que o bebé nasceu
A maioria das mães passa muitas horas em trabalho de parto e depois que os bebés nascem ficam EXAUSTAS! Dependendo da hora em que o bebé nasceu (se foi de madrugada, por exemplo) é melhor deixar a visita para o segundo dia. Claro que se você for muito íntimo ou um parente próximo – como avós, tios e ou padrinhos – a mãe vai querer tê-los por perto. De qualquer das maneiras a melhor forma é informar o Pai da sua intenção e ele lhe dirá se será a melhor hora e dia para o fazer. Aqui reina o bom senso!

2 - Higienize as mãos
Assim que entrar no quarto, lave as mãos e os braços e, se possível, finalize com álcool em gel. É uma conduta básica que se deve adoptar em qualquer hospital, a fim de preservar a saúde de todos.
3 - Nunca pegue no bebé ao colo, sem o consentimento da mãe
A mãe está num turbilhão de sentimentos e aquela agora é a sua mais recente cria. Não vai querer ser mordido por uma leoa pois não? Então peça antes de o fazer, a mãe dir-lhe-à se não se importa e/ou qual a melhor altura para o fazer.
4 - Fotos do bebé
Se quiserem tirar fotos do bebé, perguntem para a mãe se pode! Se ela permitir, não coloquem FLASH de forma alguma!
5 -  Visita rápida
Façam uma visita rápida: fiquem pouco tempo na maternidade ou na casa ( se for fazer a visita em casa, aconselha-se que o faça após 15 a 20 dias do nascimento do bebé, pois a mãe, pai e bebé e/ou irmãos, estão em fase de adaptação familiar). Acredito que uma visita de até uns 40 minutos é o ideal. 
Visitas breves são importantes, até porque a mãe amamentará com frequência e, neste momento, muitas zelam pela tranquilidade. Nesta hora tão íntima da família, é importante deixá-los sozinhos, a não ser que seja alguém muito próximo e que a mãe peça para ficar no quarto.

6 - Pode levar crianças?
Acho sempre bom ter a certeza absoluta que as crianças que acompanharão não estão com absolutamente nenhuma doença! Lembre-se que vão visitar um recém nascido que não tem as defesas de uma criança ou de um adulto.
7 - A mãe normalmente está bem sensível nos primeiros dias do nascimento
Dar palpites para que facilite a rotina e o bem-estar do recém-nascido é normal, mas não é pertinente durante a visita. Lembre-se que, quando nasce uma criança, nasce uma mãe. Dê um tempo para ela entender esta transformação e não a bombardeie com regras sobre o que se deve ou não fazer.
8 - Cheiros
Não chegar com um perfume muito forte ou cheiro de cigarro (óbvio) para uma visita ao recém-nascido. Durante a visita, nem se discute a proibição. A restrição horas antes da visitação evita a presença das substâncias tóxicas nas roupas e nas mãos. Se o recém-nascido estiver em contacto com estes componentes, pode aumentar a probabilidade de desenvolver problemas respiratórios.
9 - Restrição aos Adultos

Assim como não deve levar crianças que estão ou tenham estado doentes para a visita, lembre-se que você também não o deve fazer nesse tempo. Se anda a tossir, espirrar ou tem febre desde à uns dias, lembre-se que pode estar a "cozinhar" alguma infecção que pode transmitir sem querer ao bebé ou à mãe. E a última coisa que os pais quererão é ter a mãe ou o bebé doentes nos próximos tempos!!

10 - Converse com a Mãe

Lembre-se que se os vai visitar é porque de alguma forma são importantes para si, são familiares ou amigos dos pais e agora também do bebé ... Não vire toda a atenção para o bebé (até porque ele pouco se importará com a sua presença desde que siga os passos descritos acima), converse também com os pais, faça-os sentir importantes (em especial) à mãe, que durante toda a gravidez teve as atenções viradas praticamente só para si e quer queiramos quer não e apesar de sermos adultas, estamos sensíveis e gostamos de mimo.

Regras a ter em conta na visita se o bebé já tiver um ( ou mais ) manos!!


1 - Cumprimentar primeiro e dar atenção ao mais velho. Só depois perguntar pelo bebé. Lembre-se que antes deste bebé nascer o irmão já existia e era o único centro das atenções.


2 - Se pretende levar uma prenda ao bebé das duas uma ... ou dá numa altura em que o mais velho esteja distraído e não esteja no local ou leve um miminho para ele também.


Assim não se sentirá excluído e com ciumes do novo membro.

Lembre-se que se trata apenas de uma criança!!

As visitas são importantes e expandem a felicidade da chegada de recém-nascido ao mundo. É claro que a mãe espera a presença dos familiares e amigos. O mais importante é usar o bom senso para que o encontro seja agradável para todos.


Su Encantada
Blog : A Secretária Encantada

Recomendamos a Leitura

0 comentários

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *